Ir para o conteúdo

Itápolis - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Itápolis - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Galeria de Fotos

Registros de casos de Dengue e Chikungunya em Itápolis, até 21/09/2022:

Chikungunya - 14 casos

Dengue - 196 casos
36 - Centro
11 - Jardim Dona Bela 

11 - Portal das Laranjeiras
10 - Jardim Tropical
  8 - Jardim Campestre

  8 - Vila Santos
  7 - Jardim Primavera
  7 - Vila Santa Isabel
  6 - Jardim Silveira
  6 - IV Centenário
  6 - Jardim Esperança I
  5 - Vila Oeste 
  5 - Residencial Itauera
  5 - Jardim Veneza
  5 - Boa Vista

  4 - Jardim São Lucas I e II
  4 - Jardim do Sol
  4 - Jardim Colorado
  4 - Jardim Redenção 
  3 - Jardim Continental
  3 - Novo Oriente
  3 - Jardim Gabriela    
  3 - Jardim Vitória
  3 - Jardim São Francisco
  3 - Jardim Espanha
  2 - Bairro Rural - Vila Cajado

  2 - Nova Itápolis
  2 - Jardim Vilage
  2 - Jardim São Benedito
  2 - Jardim Portugal
  2 - Jardim Morumbi             
  2 - Jardim 2000
  2 - Quinta da Boa Vista 
  2 - Bairro Rural - Onça
  1 - Jardim Estoril

  1 - Jardim Itália   

  1 - Vilage Marconi
  1 - Santa Mônica
  1 - Bairro Rural - Areia
  1 - Bairro Rural  - Monjolinho
  1 - Bairro Rural - Tanquinho
  1 - Distrito de Tapinas


JUNTE-SE A PREFEITURA NA LUTA CONTRA DENGUE! 
A Prefeitura de Itápolis, por meio da equipe do Controle de Vetores, trabalha realizando o Bloqueio de Criadouros, que consiste na vistoria dos focos do mosquito Aedes aegypti nas residências e empresas da cidade e dos distritos, e também levando orientação à população para que sejam evitados focos do mosquito. Também é realizada a nebulização costal, com a aplicação do inseticida enviado pela SUCEN, objetivando eliminar os mosquitos adultos, nas localidades onde há registro de casos. 

Os agentes de combate às endemias relatam que encontram, especialmente, larvas do mosquito em bebedouros de animais e lonas plásticas - entre outros recipientes - por isso, é importante evitar os pontos que possam acumular água e se tornarem criadouros da dengue. 

População: receba os agentes de combate às endemias, quando estiverem em seu bairro, para verificar se há focos do mosquito Aedes aegypti em seu quintal. Qualquer dúvida entre em contato com o Controle de Vetores 3262-4118. 

Prefeitura e Você: vamos juntos vencer a luta contra dengue!

▶️COMBATENDO O AEDES AEGYPTI NO DIA A DIA:

✔Mantenha caixas d’água bem fechadas
✔Remova galhos e folhas de calhas
✔Mantenha garrafas de vidro e latinhas de boca para baixo
✔Acondicione pneus em locais cobertos ou leve até o Ecoponto
✔Não deixe brinquedos pelo quintal, para não acumular água
✔Verifique as vasilhas de comida e água dos animais
✔Verifique ralos de áreas menos utilizadas
✔Confira o reservatório de água da geladeira
✔Preencha pratinhos de vasos com areia até a borda ou lave-os uma vez por semana
✔Não deixar água acumulada sobre a laje
✔Lave, semanalmente, com água e sabão tanques utilizados para armazenar água
✔Coloque o lixo em sacos plásticos, dentro de lixeiras fechadas
✔Feche bem os sacos de lixo e não deixe ao alcance de animais
✔Não deixe água acumulada em folhas secas e tampinhas de garrafas
✔Vasos sanitários externos devem ser tampados e verificados semanalmente
✔Limpe a bandeja do ar condicionado
✔Lonas usadas para cobrir materiais de construção, devem estar sempre bem esticadas para não acumular água
✔Faça sempre manutenção na piscina

QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA DENGUE?
- Febre alta maior que 38.5ºC
- Dores musculares intensas
- Dor ao movimentar os olhos
- Mal estar
- Falta de apetite
- Dor de cabeça
- Manchas vermelhas no corpo
- Vômitos persistentes
- Aumento progressivo do hematócrito
- Queda abrupta das plaquetas
- Sangramento de mucosa ou outra hemorragia 

No entanto, a infecção por dengue pode ser assintomática (sem sintomas), leve ou grave; neste último caso pode levar até a morte. Normalmente, a primeira manifestação da dengue é a febre alta (39° a 40°C), de início abrupto, que geralmente dura de 2 a 7 dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, além de prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, erupção e coceira na pele. Perda de peso, náuseas e vômitos são comuns e, em alguns casos, também apresenta manchas vermelhas na pele. Na fase febril inicial da dengue, pode ser difícil diferenciá-la. A forma grave da doença inclui dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes e sangramento de mucosas. Ao apresentar os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados.

REGISTRO DE CASOS DE DENGUE
Não se esqueça de comunicar uma UBS (Unidade Básica de Saúde) se tiver a confirmação de que está com dengue, mesmo que tenha passado por atendimento particular ou no Pronto Socorro, porque com base nestes registros é que o Controle de Vetores planeja sua rotina de trabalho pelos bairros da cidade.

REPELENTE NATURAL CONTRA O AEDES AEGYPTI
Um excelente repelente caseiro contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus, chikungunya e febre amarela urbana é o de cravo-da-índia, podendo ser usado por adolescentes e adultos, incluindo mulheres grávidas. Muito utilizado por pescadores, o cravo da índia é rico em óleo essencial e eugenol, uma propriedade inseticida que afasta mosquitos, moscas e formigas. Veja a receita:
• 500 ml de álcool de cereais;
• 10 g de cravo-da-índia; 
• 100 ml de óleo de amêndoas, mineral ou outro qualquer.
Coloque o álcool e o cravo da índia num frasco escuro com tampa ao abrigo da luz por 4 dias. Mexa esta mistura 2 vezes por dia, de manha e à noite. Coe e junte o óleo corporal, agitando ligeiramente. Coloque o repelente num recipiente spray e aplique na pele diariamente.
Como usar o repelente caseiro:
Pulverize o repelente caseiro em toda região do corpo exposta ao mosquito, como braços, rosto e pernas. Reaplique o repelente sempre que praticar esporte, suar, ou molhar-se. O tempo de duração do repelente na pele é de 3 horas, após este período deve ser reaplicado em toda área da pele sujeita a picadas.
Outra orientação importante é pulverizar este repelente também por cima das roupas, porque o ferrão do mosquito pode atravessar tecidos muito finos, chegando à pele.

Fonte: Prefeitura de Itápolis

 

 
Seta
Versão do Sistema: 3.2.6 - 05/09/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia