O prazo para o cadastramento biométrico terminou em Itápolis no dia 29/11 e quem não realizou a biometria poderá ter o título de eleitor cancelado a qualquer momento e sofrerá as seguintes consequências: ficará impedido de votar; candidatar-se; inscrever-se ou receber benefícios sociais, como Bolsa Família; emitir passaporte; fazer matrícula em instituições públicas de ensino; obter empréstimos em bancos públicos e tomar posse em concurso público.

A recomendação da Justiça Eleitoral para os eleitores que não fizeram a biometria é para que agendem o recadastramento no site www.tre-sp.jus.br. O Chefe do Cartório Eleitoral de Itápolis informa que o agendamento para mês de dezembro já está todo preenchido e reabrirá, novamente, a partir de 06/01/2020, portanto para este ano não há mais vagas.

O dia 6 de maio é o prazo nacional para fechamento do cadastro, pois é quando o Tribunal encerra os procedimentos eleitorais e começará a se preparar para as eleições de 2020.
Os eleitores que fizeram a biometria, já utilizarão as digitais para serem identificados nas eleições municipais de 2020. A biometria torna o processo eleitoral mais seguro, porque confirma a identidade de cada pessoa que vai votar.

Imprensa Prefeitura de Itápolis