A Rua Boiadeira era uma estrada de terra por onde passava a boiada do município no período em que boa parte da população residia na área rural. O gado entrava e saía de Itápolis sem que precisasse passar pelas ruas centrais. Uma das mais conhecidas vias públicas da cidade, a Rua Boiadeira, também, ficou eternizada em uma das famosas canções do cantor e compositor itapolitano, José Fortuna, regravada por outros artistas.

Trecho da música "Avenida Boiadeira", um dos grandes sucessos do poeta José Fortuna:

“... Como em quase todas as cidades
Há uma avenida onde passa o gado
Em minha terra também existia
Uma avenida sobre o meu passado
E foram tantas tardes de sol claro
Tantas e tantas nuvens de poeira
Que esta avenida hoje traz meu nome
Depois de ser estrada boiadeira
Velha avenida
Onde deixei rastro de infância
Que virou saudade...”

*Com dados extraídos do livro Nossa Terra Nossas Raízes da autora Nancy Hauers.

Imprensa Prefeitura de Itápolis