Não devemos esquecer que este mosquito transmite Dengue, Zika Vírus, Chikungunya e até Febre amarela urbana

No período do verão, as temperaturas elevadas se intercalam com pancadas de chuva e a velocidade de reprodução do Aedes aegypti fica ampliada, por isso, é indispensável que toda população redobre a atenção com os locais que possam se transformar em criadouros do mosquito.

É importante lembrar que as doenças: dengue, chikungunya, zika vírus e febre amarela urbana existem porque muitas pessoas deixam água parada em suas casas, quintais, calhas, lajes, terrenos baldios e porque jogam lixo em beira de rios e em áreas verdes.

Se cada um se comprometer com o combate ao Aedes, podemos evitar a transmissão de doenças que podem até levar a morte. Faça sua parte:
– Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre fechada;
– Folhas e tudo o que possa impedir a água de correr pelas calhas também precisam ser removidos;
– Encha os pratos dos vasos de plantas com areia até a borda;
– Troque a água e lave o vaso das plantas aquáticas com escova, água e sabão, pelo menos uma vez por semana;
– Garrafas e recipientes que acumulam água devem ser sempre virados para baixo;
– Caixas d’água também devem permanecer fechadas e todos os objetos que acumulam água, como embalagens usadas, devem ser jogados no lixo.

Imprensa Prefeitura de Itápolis