Sílvia M. Bonini Regiani

A Sílvia é, por gosto, uma contadora de histórias. Talvez por isso, ao ler seus escritos pela primeira vez, temos a impressão de ouvi-la contando tudo aquilo, sem parar e sem meias palavras, sua história nos faz perceber que a obesidade encontra-se muito além das questões estéticas e de saúde.

Para dar o primeiro passo em direção a sua cura, ela despojou-se de ilusões e foi franca em suas feridas. Assim como a continuidade é uma característica inata à natureza feminina, a persistência foi sua maior aliada. Ela soube, instintivamente, suportar a própria rejeição e a rejeição externa, cultural; algumas vezes com elegância e muitas outras descendo do salto, é verdade, mas sempre se levantando. E sempre resistindo.

Ela nos mostra, com clareza, que mais importante que alcançar um objetivo desejado é o sinuoso caminho percorrido até ele. Cada passo precisa ser lentamente degustado com consciência e com o sabor de conquista. Portanto, o processo, não o fim, é a sua verdadeira preciosidade.

mulhersegura.com - 102 quilos a menos sem redutores de apetite e sem cirurgias