Auriluce de Arruda Feres

Auriluce nasceu em Itápolis, no dia 1º de março de 1935. Filha de Áurea de Arruda Feres e Jorge Feres sempre demonstrou grande sensibilidade pelas coisas de sua cidade e mesmo quando sua família mudou-se para a vizinha Ibitinga, Auriluce não quis ficar longe de Itápolis, permanecendo em nossa cidade na casa de seu avô paterno, José Feres, onde continuou seus estudos e atividades habituais, inclusive fazendo parte de peças teatrais, representando com muito domínio e alegria.

Participante ativa, entusiasta e com muita energia era sempre a líder do grupo.

Em 1956, já na capital paulista, ingressou pioneiramente na recém criada Polícia Feminina.

Hoje, a professora, jornalista e pedagoga, ainda vivendo na Capital, consegue viver a 360 km de seu coração, pois na verdade, aqui foi deixado e continua pulsando "itapolitanamente" dentro dos limites da Cidade das Pedras.

Confraternizando